São vidas humanas, estúpido!

29 nov
Por Vera Medeiros

A triste constatação de que o sistema de saúde público de Petrolina – agora, tendo como pivô o SAMU: Serviço Móvel de Atendimento de Urgência- continua sendo tratado como um medidor de forças políticas assevera, na mais fria das criaturas, o impulso da crítica explícita, da necessidade de chamar os atores do poder a saírem do estado de esquizofrenia e deterem-se à razão. 


Leia o texto completo…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: