Secretária de Saúde de Petrolina Lucia Giesta alerta para poucos profissionais psiquiatras no município

6 dez

A política de Saúde mental criada pela lei 10.216/01 busca consolidar um modelo de atenção à saúde mental aberto e de base comunitária, isso é, que garanta a livre circulação das pessoas com transtornos mentais pelos serviços, comunidade e cidade. Dados da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) mostram que dos 5.500 profissionais que executam suas atividades no Brasil, apenas 3% (três por cento) estão na rede publica de saúde, destes 90% (noventa por cento) afirmam não estarem satisfeitos com a profissão, o que faz com que os municípios que possuem redes de assistência psicossocial tenham seus profissionais em números reduzidos.

Leia o texto completo…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: