Lei seca endurece e multa agora é de R$ 1.915,30

22 dez
Agora,
caso o motorista se recuse a fazer o teste do bafômetro, a Policia Rodoviária Federal – PRF fará o
termo de constatação de embriaguez que será usado para o enquadramento
criminal do motorista embriagado. Antes, o termo era
usado apenas para enquadrar administrativamente o motorista. 
De acordo
com a PRF, o motorista que se recusar a fazer o teste do bafômetro e
apresentar sinais de embriaguez, além da multa maior, R$ 1.915,30, e do
recolhimento da carteira de habilitação, ele também será preso por crime
de trânsito.

“O termo já é uma prova da embriaguez do motorista. Gravações em vídeos e fotos também serão usadas como provas que podem ser agregadas, mas não são imprescindíveis [para provar a embriaguez do motorista], e podem fortalecer a cadeia de provas”, disse o inspetor Fabiano Moreno, assessor de comunicação da PRF.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: